Programas

A Fundação Itaú Social compreende que o acesso à educação de qualidade não depende somente de conhecimento técnico e metodologias, mas do engajamento de toda a sociedade nessa questão. A mobilização social é vista, portanto, como forma de expressar e colocar em prática a energia transformadora que leva as pessoas a participarem das mudanças que querem ver no mundo, indo além das obrigações estabelecidas pelos seus cotidianos.

Contando com a força dos principais ativos do Itaú – os colaboradores, a capilaridade da rede de negócios e a força da marca – a favor da causa defendida pela Fundação Itaú Social, a área de Mobilização Social tem como objetivo envolver colaboradores, clientes e sociedade na busca compartilhada de soluções efetivas para as questões sociais, especialmente as relacionadas ao direito de crianças e adolescentes à educação.

Com esse propósito, as escolhas de atuação são formalmente orientadas por três estratégias centrais:

  • Sensibilização:
    desenvolver diferentes ações que despertem para atuação em causas importantes como Educação, Direitos da Criança e do Adolescente e Educação Financeira, por exemplo.
  • Prática Voluntária:
    estimular a ação por meio de voluntariado – tanto em ações coletivas e estruturadas pela Fundação Itaú Social, quanto em ações individuais e espontâneas –, gerando a troca de experiências e novos espaços de engajamento. Para isso, a Fundação Itaú Social oferece oportunidades de envolvimento em ações pontuais e em ações estruturadas e contínuas.
  • Inserção do enfoque social na agenda institucional do relacionamento com a comunidade:
    construção de relações que vão além das trocas comerciais e contribuem para o desenvolvimento social das regiões nas quais o Itaú está inserido.